Estudos > Instrumentos > Alaúde

Alaúde

O alaúde foi tocado na Europa por mais de 500 anos e, por algum tempo, foi o instrumento mais importante na cultura européia.

 

Seu nome vem do árabe Al – Úd, que significa "a madeira",  sua origem remota ao século VII, possui braço curto e fundo arredondado, com 12 cordas. No passado, suas cordas eram feitas de seda e tripa de carneiro.

 

Atualmente, as cordas são feitas de nylon e aço, e a richie (palheta usada para tocar o instrumento), antigamente, era feita de pluma de águia e atualmente é feita de acrílico. Considerado o principal instrumento da música árabe, é capaz de seguir qualquer melodia.

 

Já no mundo romano, o alaúde era chamado fidicula (pequena corda), outro nome que daria origem a muitos descendentes: fidula, vitula, vihuela, viola, violino, etc. O ud existiu por mais de mil anos e em alguns lugares é tocado ainda hoje.

 

Na dança, como o som do Alaúde tem uma vibração mais longa, podemos fazer tremidos com o quadril solto, acrescentando movimentos sinuosos (como camelos, redondos, oitos) e deslocamentos ao tremido e mantendo os braços de forma harmoniosa e suave.