Estudos > Tipos de Dança > Dança do Punhal

Dança do Punhal

Quase nada se sabe sobre sua origem, alguns dizem que a preferida do sultão dançava com este acessório para mostrar que era superior às outras mulheres do harém, enquanto outros falam de uma história mais sombria relacionada aos bordeis da Turquia. Há outra versão que conta que os mouros raptavam mulheres a mando do sultão para aumentar o harém. Além disso, o punhal era muito usado pelos ciganos para abrir matas o que aderiu a simbologia de superação e pioneirismo ao instrumento. Os egípcios relacionam esta dança com a deusa Selkis, símbolo da morte e da transformação, mas é também tida como símbolo do sexo por causa das odaliscas do sultão.

 

Não é uma dança considerada folclórica. Para os ciganos punhal é um símbolo que purifica as energias. Ela pode ser executada de forma alegre ou mais introspectiva.

 

Geralmente a bailarina entra com o punhal escondido na roupa e no meio da dança o retira dançando com ele. Ela pode fazer desenhos no ar com o punhal, e às vezes o prende em algumas partes do corpo como na boca, na cintura ou no peito. No meio da dança uma ou mais bailarinas podem simular uma luta com o punhal.

 

Não se dança geralmente ao som de músicas muito animadas ou alegres, como solo de derbake ou música folclórica. Usam-se mais músicas não muito aceleradas, e que tenham certo grau de mistério, para combinar com a dança. Não há um ritmo definido para esta dança. Pelo punhal ser um objeto que representa combate ou defesa, a dança pode acompanhar tal sentimento, ou seja, de alguém se defendendo, numa dança forte, carregada de sentimentos, bem expressiva.

 

Não há um traje específico, portanto pode ser dançada com uma roupa típica de dança do ventre de duas peças, bem como com um vestido. Porém é levada em consideração a cor usada. Por exemplo, o preto simboliza a justiça e o elemento que absorve a energia negativa e a transforma em algo bom. O roxo é a cor da realeza que conecta a bailarina aos planos espirituais, como se ela traçasse o seu próprio destino. E o azul aponta o domínio dos espíritos ao mesmo tempo em que mostra quietude e confiança.

 

Como ele é feito? O punhal pode ser feito de metal especialmente para a dança, também conhecido como adaga. Pode ser dourado ou prateado e é vendido em lojas especializadas em artigos pra Dança do Ventre. O punhal é considerado uma arma branca e possui uma lâmina curta. Claro que, atualmente, esta lâmina não é mais cortante já que é um acessório para dançar.