Estudos > Bailarinas > Mona el Said

Mona el Said

Oriunda da egipto, de onde saiu com apenas 13 anos já como bailarina, fugindo para o Líbano em 1970 devia á ira e ideias conservadoras do seu pai. Aqui se torna bailarina profissional e muito famosa fazendo atuações nas mais famosas e elegantes casas noturnas em Beirute como - Atresh farid el'snight club.

 

Com um estilo muito próprio de dança, com coreografias precisas movimentos lineares que correspondiam perfeitamente com a musica. Mona El Said tentava demonstrar em cada atuação a sua emoção da musica com muitos movimentos inovadores provocando uma enorme magia em palco. A bailarina Tahiya Carioca apelidou-a como " a princesa do Raks Sharki", na mesma altura em que os tabloides libaneses a batizaram como " o bronze do nilo " -- "El sa'mraa nilo"Em 1975 regressa ao Cairo como estrela de bellydance fazendo atuações nos mais conceituados hotéis e clubes noturnos da região. Sempre acompanhada com uma enorme orquestra e de varios bailarinos de renome na nossa atualidade como Fifi Abdou, Nagua Fouad, Nelli Fouad, Hanan e Nadia fouad.

 

Casou sete vezes e realizou muitos filmes sete dos quais como atriz principal. Com o seu estilo distinto fez dela uma das maiores bailarinas da dança do ventre do século XX.Deu muitas oficinas de dança pelo mundo fora mas principalmente nos E.U.A. e Reino Unido. Mona foi uma das treinadoras de dança do grupo americano -Bellydance Superstars-. Vive atualmente no Cairo.

 

Ela ganhou a admiração de seu público no Egito e no exterior. A maioria dos egípcios considera Mona El Said a ser uma das lendas da dança oriental. Quando as pessoas pensam em glamour, elegância e moda de dançarinas do ventre famosas, Mona El Said é uma das primeiras a vir à mente. Já esteve no Brasil na IV CONFERÊNCIA INTERNACIONAL LUXOR no primeiro semestre de 2006. Evento no qual ministrou workshops e se apresentou no Show de Gala. Como resultado deste trabalho foi lançado no Brasil o DVD “Show Ao Vivo Monah Said”.Sua dança expressa forte interpretação e emoção aliada à técnica.

 

Seus movimentos são delicados e pequenos, fugindo aos exageros. Uma autêntica dança egípcia.Mona ficou na história pela sua postura em palco como também pela sua elegância e glamour. Quando pensamos em moda de bellydance Mona é uma das maiores pioneiras.