Snujs

Imortalizados no Brasil pelas mãos de Shahrazad em suas apresentações de Dança do Ventre, esses pequenos címbalos de mão podem ser considerados um dos primeiros instrumentos de percussão da humanidade. Segundo estudos, foi inicialmente utilizado por sacerdotisas do antigo Egito.

 

Formam um conjunto de címbalos metálicos presos no polegar e dedo médio de ambas as mãos. Quando tocados, dão vida e alegria ao ritmo que está sendo executado. Na percussão egípcia, esse instrumento é conhecido como Sagat. Segundo bem explica Vitor Hiar, os Snujs acompanham a percussão, e é por isso que deve ser visto como um instrumento pessoal, ou seja, do particular ( geralmente de uma bailarina ou de um espectador que, ao tocá-lo, demonstra seu entusiamo ante ao ritmo executado). No Brasil, Shahrazad é a grande mestra no toque dos Snujs na Dança do Ventre.